Grace and Frankie: puro amor

Como é bom quando, de vez em quando, encontramos aquelas séries, assim por acaso, nos Netflixs da vida e que vemos a primeira temporada de rajada, num real binge watching, e ficámos com um gostinho de ‘quero mais’. Foi mais ou menos o que aconteceu com Grace and Frankie.

Grace and Frankie é uma série produzida pelo Netflix, protagonizada por Jane Fonda (Grace) e por Lily Tomlin (Frankie), estreada em 2015 e que já conta com duas temporadas. A série é leve e descontraída tratando, porém, de assuntos bastante sérios.

ENJOY THE RIDE  - Grace and Frankie 2

A trama da série inicia-se quando Robert (Martin Sheen) e Sol (Sam Waterson), os maridos das protagonistas e sócios numa firma de advogados, resolvem finalmente revelar às suas esposas a sua homossexualidade e o seu relacionamento secreto que mantém há mais de 20 anos e pedir o divórcio para se poderem casar. As duas mulheres, que possuem personalidades completamente opostas (uma hippie e uma WASP), veem-se assim ‘empurradas’ a viverem juntas e a lidar com a nova realidade das suas vidas.

Além da nova realidade de serem solteiras depois de 40 anos de casamento, de terem sido traídas pelos seus maridos e de terem de aceitar a sua relação, Grace and Fankie têm igualmente de lidar com a adaptação à oposta personalidade uma da outra.

ENJOY THE RIDE  - Grace and Frankie 3

O mais emblemático da série, é o facto de esta quebrar tabus. Numa sociedade cada vez mais envelhecida e que ironicamente continua a reger-se pelo culto da juventude, é maravilhoso ver uma série protagonizada por actores na terceira idade e ver os dramas inerentes a essa condição. Acho delicioso termos cenas de sexo, ver corpos com rugas, porque faz parte da vida, porque as pessoas não morrem depois dos 60 anos. E é tão importante consciencializar as pessoas disso.

Também (e ainda) é importante consciencializar as pessoas para a homossexualidade. Porque, sinceramente, parece que em 2016 regredimos 50 anos em mentalidade. Mas que raios se passa com o mundo? Desabafos aparte, o casal Robert e Sol vivem com a consciência da dor que trouxeram às suas mulheres e nem sempre lidam com isso da melhor maneira. Não é isso que faz deles os maus da fita e dá-nos por nós a desejar que fiquem juntos e que sejam felizes para sempre.

ENJOY THE RIDE  - Grace and Frankie 4Há também o resto da família, os filhos de ambos casais. Se na primeira temporada essa parte do elenco foi pouco explorada, na segunda temporada ficámos a conhecer melhor o que move estas personagens.

Não será a série da minha vida, mas, gostei bastante, o suficiente para a trazer aqui e partilhar, o que já não é dizer pouco. Se ficaram curiosos, espreitam o trailer abaixo.

Enjoy.

😉

 

Anúncios

3 thoughts on “Grace and Frankie: puro amor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s