A Viagem de Chihiro

Hoje voltámos ao universo de Hayao Miyazaki. Se seguem o blogue já sabem que por aqui já se falou do director e que se é fã do trabalho do mesmo. Se não seguem, espreitem aqui o post.

Falemos de “A Viagem de Chihiro”, de 2001, provavelmente o filme mais aclamado de Miyazaki, vencedor de um Urso de Ouro em 2002 e de um Oscar de Melhor Animação em 2003.

ENJOY THE RIDE - A Viagem de Chihiro 5

“A Viagem de Chihiro” conta-nos a história de Chihiro, uma menina de 10 anos que se muda com os pais para uma nova cidade, mas que não se encontra muito satisfeita com isso. Quando vão de mudança a caminho para a nova casa, o pai decide desviar o carro para um atalho, acabando num sítio sem saída em frente a um edifício vermelho com um gigante túnel. Movidos pela curiosidade, Akio e Yuko decidem atravessar o túnel acompanhados de uma Chihiro ainda nada convencida. Do outro lado do túnel encontram uma cidade abandonada envolvida em uma aura de mistério. Ao percorrem a cidade-fantasma, encontram um suculento banquete numa das barraquinhas e os pais de Chihiro começam a devorá-lo com verdadeira gula. Chihiro deixa os pais a comer e parte para conhecer o resto da cidade. Ao atravessar uma ponte, encontra Haku, uma das personagens da trama, que misteriosamente avisa a menina para sair dali antes de anoitecer ou algo de muito mau irá acontecer. Chihiro volta para avisar os pais, mas chega tarde demais: os pais transformaram-se em porcos.

ENJOY THE RIDE - A Viagem de Chihiro 2

E aqui começa a viagem de Chihiro, rodeada de espíritos, monstros, animais que falem e agem como humanos, deuses, feiticeiras e bebés gigantes. Ao voltar à ponte onde encontrou Haku, Chihiro descobre a casa de banhos governada por Yubaba, uma feiticeira que transforma os humanos em animais quando estes entram nos seus domínios para os devorar em seguida. Para não ser transformada e para salvar os seus pais, Chihiro faz um acordo com a feiticeira e em troca de não se transformar em animal, aceita trabalhar na casa de banhos e renunciar à sua humanidade alterando o seu nome para Sen.

ENJOY THE RIDE - A Viagem de Chihiro 4

Este é um dos filmes mais bonitos de animação que já vi, provando que nem tudo é Disney e Pixar nesta vida (não desacreditando o trabalho destas produtoras). A história é cativante, as personagens e as suas motivações fazem-nos torcer por elas, não havendo personagens inteiramente boas nem inteiramente más, somente humanas. A imagem do filme, carregado de cores e de formas é sublime, cheia de força e beleza que nos colam ao ecrã.

ENJOY THE RIDE - A Viagem de Chihiro 1

Recomendo vivamente, um filme para todos e para todas as horas. Mesmo se não forem fãs de filmes de animação dêem uma oportunidade, garanto que não se vão arrepender.

Enjoy.

😉

 

Fotos: Netflix.

Anúncios

2 thoughts on “A Viagem de Chihiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s